Reminiscências

Concluo que as pessoas se apegam a um passado que, muitas vezes, só existiu na cabeça delas. Acredito até que esse seja o normal do cerumano.

Mas por que essa representação fantasiosa daquele passado vivido?

Não tenho respostas. Hoje (hoje né, porque já fiquei nessa melancolia de passado por um longo período) sou da opinião que é mais fácil enumerar as bostas passadas e, claro, os cagalhões. O presente fica bem mais bonito, pelo menos. Porém, seguimos criando nosso passado crentes que ele de fato existiu em todas as cores imaginadas.

Já falei aqui que sofro de desapego involuntário da memória. E não é de todo ruim mesmo. Acho que foi um mecanismo de sobrevivência que me fez seguir a vida. Longe de ser um apagão, mas um fade out que não chega ao seu término.

Certa vez comentei naquelas sessões que ficava emputecida toda vez que julgava estar agindo da mesma forma que eu costumava agir em uma determinada época. Pra mim era indício de que eu não havia mudado. No fim, ela acabou me convencendo de que eu não era mais aquela e não tinha como ser. Claro que não acatei essa ideia assim de cara, mesmo porque sempre fui a que bradava que as pessoas não mudavam (pra melhor porque pra pior sempre achei que sim, risos) e blá blá blá.

Enfim, comecei a olhar melhor ao meu redor e tive exemplos de que sim, mudam sim. Podem buscar conhecimento com o ET Bilu, tomar vergonha na cara, fazer uma autorreflexão e virarem uma versão melhorada.

Não deixa de ser doloroso quando uma pessoa que com você era o rascunho, com outra pessoa faz a revisão e fica publicável (pelo menos aparenta, não vou nem folhear pra ver). Eu tinha consciência que era o rabisco. Nem todo mundo percebe no momento ou finge não perceber.

Tudo bem. Pelo menos fui compensada posteriormente  e agora sei que já comprei o rascunho e também a versão com capa dura.

taí as magalis pra provar

image

Enfim, comecei num assunto e terminei em outro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s