The club Silencio

A sua hipocrisia mescla-se com sua memória pobre.

Me lembro de tantos detalhes…

Depois de muito tempo deixei escapar a lembrança de seu comentário sexista, apenas um de uma porção de outros.

A cena vergonhosa de sua negação baseada no fato de que você poderia até ter falado vários outros clichês machistas, mas aquele em especial não. E por que não? Porque sim. Porque você quer fingir que não era.

Queria ter dito que, na verdade, você é.

E dum tipinho que vem me dando raiva.

Para a plateia selecionada, a dos shares e similares, apresento-lhes o discurso lapidado nos melhores posts do gênero (porque um livro de uma autorA, não trabalhamos). Para o público xy de outrora, dos velhos tempos, eis aqui o good ol’ frat boy.

Talvez você não verbalize, entretanto seus olhos e ouvidos são cúmplices. Nenhum pio. Silêncio no hay banda. Os caras são legais. São engraçados.

E essa é uma faceta sua. Dos caras babacas. Aqueles que votam no partido  que, do conforto da bolha classe-média, você tanto fala mal. E eles fazem parte do pacote todo, dos que odeiam as feminazis porque como ousam exigir que mulheres não sejam mais que meros adornos.

E você está lá. Sentando confortavelmente a admirar essa pilha de bosta, fingindo não fazer parte desse mosquedo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s